O QUE É O CEFA?

UM LUGAR PARA APRENDER

BEM VINDOS AO CEFA

O Centro de Estudos em Filosofia Americana (CEFA) é uma entidade independente voltada para a pesquisa em filosofia e a divulgação de assuntos filosóficos e educacionais. O objetivo do CEFA é o de propiciar aos estudiosos brasileiros um contato com os diversos aspectos da filosofia estadunidense e, de modo mais amplo, com o pragmatismo em diversos países. Além disso, especificamente no Brasil, o CEFA tem como missão o desenvolvimento da filosofia em geral no âmbito da juventude.

O Centro de Estudos em Filosofia Americana está ligado por laços de amizade e trabalho comum à Internacional Pragmatism Society, com sede nos Estados Unidos.

O CEFA foi criado em 1996, pelo filósofo Paulo Ghiraldelli Jr. e pelo cientista político Alberto Tosi Rodrigues (1965-2003) com outra denominação, vindo de experiências constantes de trabalhos comuns em pesquisas, publicações e ensino que datam de meados dos anos oitenta.

Quando de sua criação, o CEFA contou com o incentivo de filósofos da Europa, Nova Zelândia, Estados Unidos e Canadá. Em especial os filósofos Richard Rorty (1931-2007) e Donald Davidson deram apoio direto à entidade.

Donald Davidson (1917-2003) foi convidado para tornar-se o “presidente de honra” do CEFA. Depois de seu falecimento, sua esposa, a filósofa Marcia Cavell, reiterou que poderíamos mantê-lo como presidente de honra, como uma homenagem póstuma, e que ela via tal coisa como um gesto carinhoso, que aprovava.

Mais recentemente o CEFA tem se voltado para estudos de uma grande variedade de filósofos, em especial os filósofos contemporâneos europeus como Nietzsche, Heidegger, Foucault, Toni Negri, Deleuze, Derrida, Sloterdijk, Byung-Chul Han e outros.

CENTRO DE PESQUISA

NOSSOS TRABALHOS

Publicações Científicas

GT Pragmatismo

Revista Redescrições

Divulgação do pragmatismo

Contemporary Pragmatism (COPR) é um periódico internacional interdisciplinar para discussões sobre a aplicação do pragmatismo às questões de hoje.
Edição comemorativa da Revista Redescrições impressa – 2010
Primeiro número – Revista do CEFA, antes da Revista Redescrições

Revista Redescrições é uma publicação semestral do GT Pragmatismo, Filosofia Americana e Crítica Cultural da ANPOF. O conteúdo dos artigos publicados trata de temáticas relacionadas ao pragmatismo, à filosofia americana de uma maneira geral, ou a uma aplicação do método de investigação pragmatista a questões contemporâneas. A Revista recebe artigos, resenhas e traduções em fluxo contínuo. Os textos aprovados serão publicados sempre em junho e novembro de cada ano. O e-mail para o envio de artigos é [email protected].

NOMES QUE JÁ PARTICIPARAM DA REVISTA:

Jurgen Habermas escreveu para nossa revista Redescrições o artigo“… E para definir a América, sua Democracia atlética”.

Michael Peters (Universidade de Glasgow)

Celal Turer (Erciyes University, Turquia)

Gregory Fernando Pappas – Texas A & M University

Floyd Merrell (Purdue/USA )

John Shook (Universidade de Bufalo)

Gabriel Palumbo (Universidade de Buenos Aires – UBA)

Jurandir Freire Costa (UERJ) corpo editoral

Bjorn Ramberg – Universidade de Oslo (Noruega) – corpo editoral

Luis Eduardo Soares (UFRJ) corpo editoral

Cerasel Cuteanu – CEFA/Romênia –corpo editoral

Michel Weber – Centro “Chromatiques whiteheadiennes” (Bélgica) Michel Eldridge – Universidade de North Caroline, Charlotte (EUA) – articuslista e corpo editoral

James Campbell – Universidade de Toledo (EUA) – articulista e corpo editoral

Michel Eldridge -(University of North Carolina-Charlotte) corpo editoral

OUTRAS PUBLICAÇÕES
Contemporary Pragmatism (COPR) é um periódico internacional interdisciplinar para discussões sobre a aplicação do pragmatismo às questões de hoje.

Contemporary Pragmatism busca especialmente explorações originais e críticas do pragmatismo, e também das relações do pragmatismo com o humanismo, naturalismo e filosofia analítica. O COPR incentiva o trabalho com orientação interdisciplinar, estabelecendo pontes entre a filosofia pragmática e, por exemplo, teologia, psicologia, pedagogia, sociologia, economia, medicina, ciência política ou relações internacionais.

A Revista norte-americana e européia “Contemporary Pragmatism” abordou o trabalho realizado pelo GT pragmatismo. Com mais de 18 volumes. O períodico trouxeus mais de  traz um dóssie sobre Richard Rorty que reproduz trabalhos apresentados no Colóquio Internacional Richard Rorty, realizado pelo GT de Pragmatismo no Rio de Janeiro em 2009.

Jonh Dewey (1859 – 1952)

GT Pragmatismo e Filosofia Americana foi um dos primeiros a se organizar na Associação Nacional de Pós-graduação em Filosofia (ANPOF), logo que a entidade decidiu ser composta segundo GTs. É certamente o mais velho dos GTs, criado pelos filósofos Paulo Ghiraldelli e Paulo Margutti.

A diretriz básica do GT é a do entendimento amplo da expressão “pragmatismo”, tomando-o como um campo de confluência de inúmeras abordagens pós-metafísicas. O mesmo ocorre com a expressão “filosofia americana”, cuja caracterização se faz a partir das relações entre autores e temas, em uma articulação profícua entre história da filosofia, criatividade filosófica e abordagens filosóficas da cultura.